Dicas para uma boa redação

  1. Na dissertação, não escreva períodos muito longos nem muitos curtos.

  2. Na dissertação, não use expressões como “eu acho”, “eu penso” ou “quem sabe”, que mostram dúvidas em seus argumentos.

  3. Uma redação “brilhante”, mas que fuja totalmente ao tema proposto será anulada.

  4. É importante que, em uma dissertação, sejam apresentados e discutidos fatos, dados e pontos de vista acerca da questão proposta.

  5. A postura mais adequada para se dissertar é escrever impessoalmente, ou seja, deve-se evitar a utilização da primeira pessoa do singular.

  6. O texto dissertativo é dirigido a um interlocutor genérico, universal; a carta argumentativa pressupõe um interlocutor específico para quem a argumentação deverá estar orientada.

  7. O que se solicita dos alunos é muito mais uma reflexão sobre um determinado tema, apresentada sob forma escrita, do que uma simples redação vista como um episódio circunstancial de escrita.

  8. A letra de forma deve ser evitada, pois dificulta a distinção entre maiúsculas e minúsculas. Uma boa grafia e limpeza são fundamentais.

  9. Prática de Redação Dissertativa (quanto mais cedo começar a escrever melhor sua integração de estilo que é pessoal e ninguém faz duas redações iguais exatamente pela capacidade dialética de reter informações expondo-as na memória e dispondo-as de maneiras diferentes dentro de sua forma de pensamento);

  10. - Cuidado com a ortografia e as acentuações;

  11. Atualização dos fatos através de jornais e revistas;

  12. Ser fiel ao que escreve e sentir segurança (como vocês dizem: "sentir firmeza");

  13. Conhecimento de suas estruturas e técnicas. Você já teve um despertar sobre este assunto!

  14. Idéias bem delimitadas com opinião pessoal e bem objetiva (quando exigida) ou de acordo com a análise do texto proposto para afirmar ou negar sua opinião (seu pensamento escrito);mais lembre –se tudo em 3 pessoa de sua opinião sem comentar que e você que esta escrevendo.

  15. Seleção e ordenação da idéia central que fortalecerá as acessórias mantendo a unidade da redação;

  16. Uma redação espontânea e natural que agrade os dois lados da comunicação (vestibulando/examinador) mostrando harmonia e simplicidade na forma estrutural-lógica, prezando pelas normas gramaticais (regências, concordâncias e análise sintática);

  17. Uma estrutura com equilíbrio na exposição de idéias e regularidade de conjunto;

  18. Não faça menos que o exigido e nem ultrapasse o máximo de linhas na dissertação da folha de Redação (Para isto você ganha uma folha de rascunho).

Comentários