Simulado Modelo Vestibular da UEM

Simulado Modelo Vestibular da UEM

SIMULADO MODELO VESTIBULAR DA UEM – PROVA 1 – CONHECIMENTOS GERAIS

01 - A menor estrutura que constitui uma proteína é

  1. um nucleotídeo.

  2. um aminoácido.

  3. uma pentose.

  4. uma molécula de ácido desoxirribonucléico.

  5. um polissacarídeo nitrogenado.

02 - Sobre a evolução dos conceitos químicos, mais especificamente sobre a estrutura da matéria, analise as alternativas abaixo com atenção e com base nos seus conhecimentos verifique e assinale qual delas está correta.

  1. O modelo que suscitou a idéia do átomo constituído por duas regiões distintas (núcleo e eletrosfera) foi proposto pelo químico inglês John Dalton, no início do século XIX.

  2. Os filósofos gregos Demócrito de Abdera e o seu discípulo Leucipo acreditavam na continuidade da matéria, ou seja, quanto mais dividíssemos a matéria, menores seriam as chances de sucesso de encontrar algo concreto; porém, em contrapartida, Aristóteles defendia a idéia de que a matéria era constituída por partículas microscópicas e indivisíveis, nas quais ele denominou átomos.

  3. O cientista Chadwick, em 1932, estudando descargas elétricas em gases submetidos à baixa pressão (gases rarefeitos), descobriu o elétron, uma partícula menor que o átomo que apresenta carga elétrica negativa; portanto estava provado que o átomo não era indivisível como afirmava Aristóteles.

  4. O físico dinamarquês Niels Bohr provou, com base em dados experimentais, que o átomo era uma pequena estrutura, análoga a uma bola de bilhar.

  5. Para o físico neozelandês E. Rutherford, o átomo é uma estrutura esférica em alusão ao Sistema Solar (de acordo com a Física Clássica), ou seja, o núcleo corresponde ao Sol e os elétrons se comportam como os planetas orbitando ao redor dele.

03 - Leia o texto a seguir.

“A rodopsina é um pigmento vermelho, fotossensível, existente na retina. Ela é constituída pelo 11-cis retinal combinado com uma proteína chamada opsina. Quando o complexo cis retinal-proteína absorve luz, transforma-se em trans retinal e opsina. Esta mudança geométrica provoca uma resposta nas células nervosas, que é transmitida ao cérebro e permite a visão”.

Fonte: Sardella, A. Química Série Novo Ensino Médio. Ed. Ática. São Paulo, 2000, P.308.

O texto faz referência a um fenômeno que ocorre em compostos que apresentam o mesmo número de átomos, ou seja, a mesma fórmula molecular, mas cuja configuração é diferente. Esse fenômeno é

  1. polimorfismo.

  2. dissociação eletrolítica.

  3. eletroforese.

  4. osmoscopia.

  5. isomeria.

04 - Sabe-se que a eletronegatividade é a habilidade que um átomo possui em atrair elétrons para sua eletrosfera periférica. De posse dessa afirmação e nos seus conhecimentos acerca das propriedades periódicas dos elementos químicos, assinale a alternativa que corresponde ao símbolo do elemento químico mais eletronegativo da natureza.

  1. Eu

  2. O

  3. N

  4. F

  5. K

05 - Ao lado da temperatura, a água é o fator que mais afeta a ecologia de todos os seres vivos, principalmente dos organismos terrestres, para os quais ela nem sempre se encontra plenamente disponível. Para se entender a importância desse fator ecológico, basta ter em mente que as primeiras formas de vida surgiram em ambiente aquático, e somente lá viveram durante quase dois bilhões de anos. Isso porque, pelas características físico-químicas, a água cria um ambiente muito mais estável que o aéreo. (Fonte: Sariego, J. C. Educação Ambiental - As ameaças ao planeta azul. Scipione, São Paulo, 1994, P. 44)

Com base no exposto, a respeito da substância água, a mais abundante do planeta, assinale a alternativa incorreta.

  1. Alguns insetos caminham sobre a superfície da água, graças a sua propriedade físico-química especial, ou seja, a tensão superficial.

  2. Ao se dissolver cloreto de sódio em água, suas moléculas solvatam os íons sódio e cloreto, logo após a dissociação do mesmo.

  3. A geometria da molécula de água é angular.

  4. Em reações ácido-base, a água apresenta caráter anfótero.

  5. A água não tem importância na bioquímica, porque lá ela não é usada como o solvente universal.

06 - Um gene corresponde a um fragmento da molécula de DNA capaz de codificar a síntese de uma proteína. De acordo com a seqüência de bases nitrogenadas que possui nos nucleotídeos que o constitui, o gene determina a seqüência de aminoácidos na molécula protéica produzida. Com base nestas informações e nos seus conhecimentos acerca da Síntese de Proteínas, bioquimicamente falando, assinale a alternativa correta.

  1. A molécula de DNA orienta a síntese de proteínas.

  2. A dupla-hélice da molécula do ácido desoxirribonucléico se mantém unida graças às forças de Van der Waals.

  3. A formação da ligação peptídica se dá pelo encaixe do códon do RNA mensageiro com o anticódon do RNA transportador.

  4. Considerando um trecho da fita molde do DNA formada pelos códons AAT, TTG, GAG, CGT, AAA, pode-se concluir que o RNA mensageiro formado terá nesse trecho os códons TTA, AAC, CTC, GCA, TTT.

  5. Se uma proteína é formada por x códons, é correto dizer que o RNA mensageiro será portador de 3xcódons.

07 - Com base nos seus conhecimentos científicos, assinale a alternativa incorreta.

  1. O físico dinamarquês Niels Bohr elaborou, no início do século passado (1913) uma nova teoria sobre a distribuição e movimento dos elétrons, partindo do modelo atômico proposto pelo físico neozelandês Ernest Rutherford. Um dos postulados que fundamenta-se nesta teoria afirma que quando um elétron recebe energia suficiente do exterior, ele salta para a órbita superior. Após receber esta energia, o elétron tende a voltar à sua órbita de origem, devolvendo a energia recebida na forma de ondas eletromagnéticas (fótons de luz ou calor).

  2. Supondo uma molécula hipotética AB10 de geometria dodecaédrica e sabendo que esta apresenta 5 arestas em cada face (para o átomo central), pode-se afirmar que a molécula atende a relação de Euler, matematicamente expressa por

V + F = A + 2

(onde V= vértice; F = face e A = aresta), ou seja, corresponde a um poliedro convexo (ou poliedro de Platão).

  1. Se um átomo genérico A de número atômico igual ao dobro de um outro átomo situado no terceiro período e grupo 16 da atual classificação periódica dos elementos químicos, é isótopo de um átomo A’ que apresenta 40 nêutrons em seu núcleo com número de massa 2 unidades a mais que o átomo A, pode-se afirmar que o átomo A é isoeletrônico do ânion zinco bivalente.

  2. O crescimento do potencial de ionização na tabela periódica é diretamente proporcional ao decrescimento do raio atômico e inversamente proporcional ao crescimento da eletroafinidade ou afinidade eletrônica.

  3. As teorias de Max Planck (quanta), Louis de Broglie (onda-partícula), Schröndinger (orbital), Heisenberg (Princípio da incerteza) e outros cientistas, constituíram a base da chamada Mecânica Quântica, a qual possibilitou uma forma excelente de identificação dos elétrons em um átomo. Essa identificação é feita através de quatro números, denominados pela Comunidade Científica de Números Quânticos Principal (n), Azimutal (l), Magnético (ml) e Spin (ms).

08 - Lagartixas são excelentes alpinistas, escalam paredes com uma velocidade que pode atingir 1 m/s. O mecanismo utilizado por esses répteis para se fixarem às superfícies foi descrito pela equipe do biólogo Kellar Autumn, professor do Lewis & Clark College em Portland, EUA. (Fonte: Artigo publicado pela revista Nature em 2000.) Baseado no exposto e nos seus conhecimentos químicos e biológicos, assinale a alternativa que descreve corretamente a capacidade desses répteis de se fixarem às superfícies.

  1. Quando a lagartixa sobe pela parede a geometria espacial de seus dedos é deformada e, por indução, produz uma nova conformação espacial, que por sua vez, aumenta o coeficiente de atrito superficial e conseqüentemente a pressão, permitindo sua fixação à superfície.

  2. Ao subir pela parede, os dedos desses répteis (dotados de macrovilosidades) se aderem à superfície por pontes de hidrogênio, ou seja, ocorre uma interpenetração de orbitais atômicos isolados, que gera nuvens eletrônicas de elevada densidade, e permite a essa classe de seres vivos caminharem avidamente, mesmo em superfícies de elevado coeficiente de atrito (µ).

  3. Quando a lagartixa sobe pela parede, o arranjo espacial de suas patas gera forças de natureza eletrostáticas mais intensas que as pontes de hidrogênio, garantindo sua fixação segura entre suas patas e a superfície.

  4. Quando a lagartixa sobe pela parede, a geometria espacial de seus dedos produz forças de Van der Waals, interações eletromagnéticas fracas que garantem adesão segura entre as patas do réptil e a superfície.

  5. As patas de uma lagartixa são constituídas por bilhões de íons, que descrevem trajetórias circulares, e que por sua vez geram uma superfície cuja área é de aproximadamente o sêxtuplo de seu tamanho. Portanto ocorre uma interpolação entre os íons das patas da lagartixa e os átomos da superfície, ocasionando a interação, que gera compostos enantiômeros, ou seja, que apresentam atividade óptica (desviam o plano de vibração da luz polarizada).

09 - Sobre as relações entre raios atômicos e raios iônicos assinale a alternativa incorreta.

  1. Quando um átomo perde elétrons, gera-se um cátion. Como o número de elétrons fica menor que o número de prótons, haverá maior atração do núcleo sobre os elétrons periféricos, e o raio do cátion é menor que o raio do átomo que o originou.

  2. Quando um átomo recebe elétrons, gera-se um ânion. Este terá em sua eletrosfera um número de elétrons maior do que o número de prótons, resultando assim, em menor atração do núcleo sobre a eletrosfera e conseqüentemente o raio do ânion é maior do que o raio do átomo que lhe deu origem.

  3. Numa série de íons isoeletrônicos, quanto maior for o número atômico da série, maior será o número de prótons, maior será também a atração recíproca núcleo-eletrosfera, e conseqüentemente menor será o raio atômico da espécie.

  4. Considerando os átomos Al, Na, F, O, N, Ne e Mg e seus respectivos íons, pode-se afirmar que a ordem crescente de raio iônico será Al<Mg<Na<Ne<F<N<O.

  5. Verifica-se experimentalmente que o raio médio de um átomo de enxofre é igual a 1,55 Å e que o raio médio de um átomo de lítio é igual a 1,27 Å. De acordo com a tendência de ligação dos átomos (com a finalidade de adquirir a estabilidade), um átomo de enxofre ganha dois elétrons, transformando-se num ânion bivalente de r = 1,84 Å. Em contraste, um átomo de lítio perde um elétron, gerando um cátion monovalente de raio igual a r = 0,60 Å.

10 - Assinale a alternativa incorreta.

  1. Todas as substâncias iônicas, ao se dissolverem em água, sofrem o processo de dissociação iônica.

  2. Cristais de hidróxido de sódio, ao se dissolverem em solução aquosa, formam íons Na+ e OH- ; a este evento dá-se o nome de ionização.

  3. Os metais apresentam elevada condutividade elétrica; sendo assim, ao submeter um metal qualquer a um ambiente de alta temperatura, notar-se-á maior condução da corrente elétrica, ou seja, melhor condutor será o metal.

  4. Ao se dissolver HCl em água, observa-se que esta solução conduz a corrente elétrica, porque houve a formação de íons, apesar de o HCl ser uma substância molecular.

  5. O grafite é um amorfo do elemento químico carbono, sendo constituído por camadas hexagonais paralelas, onde estas, por sua vez conduzem eletricidade, porém não a conduz na direção perpendicular à mesma.

11 - Uma das possíveis moléculas do fulereno apresenta-se na forma de poliedros de 12 faces pentagonais e 20 faces hexagonais, sendo que cada uma de suas faces apresenta átomos de carbono nos vértices. A figura abaixo ilustra a estrutura tridimensional dessa forma do fulereno.

Sobre essa molécula, assinale a alternativa correta.

  1. Ela apresenta mais de 100 ligações carbono-carbono.

  2. O número de átomos de carbono é 60.

  3. A forma da molécula desse fulereno é de um poliedro regular.

  4. Ela não pode ser considerada uma das formas alotrópicas do carbono uma vez que cada carbono forma apenas 3 ligações o que não está de acordo com a teoria de Lewis de Ligação.

  5. Os ângulos das faces são congruentes.

Instrução: Para responder a questão 12, considere o texto abaixo como subsídio.

“A isomeria é o fenômeno no qual compostos estruturalmente diferentes apresentam a mesma quantidade de átomos sendo classificada em isomeria plana, onde os compostos se diferenciam estruturalmente no plano, em duas dimensões e isomeria espacial, também chamada de estereoisomeria, onde os compostos apresentam fórmulas estruturais espaciais diferentes, num arranjo tridimensional”.

12 - Baseando-se na informação acima e nos seus conhecimentos acerca do tema, considere as afirmações a seguir.

  1. O composto but-2-eno apresenta, como isômero plano de cadeia, o composto ciclo-butano.

  2. A propanoma e o propen-2-ol são isômeros que coexistem numa solução em equilíbrio dinâmico, sendo esta denominada alelotrópica.

  3. O ácido butenodióico apresenta 2 isômeros geométricos (espaciais), o ácido cis-butenodióico e o ácido trans-butenodióico, sendo este último o de maior densidade.

  4. O polarímetro é um aparelho utilizado para isolar apenas um plano de vibração da luz, polarizando-a.

  5. O composto 4-cloro-3-metil-pentan-2-ol apresenta assimetria molecular devido a presença de três carbonos quirais em sua estrutura, portanto pode-se afirmar que este composto possui 12 isômeros ópticos, sendo que 8 são opticamente ativos, ou seja, desviam o plano de vibração da luz plano-polarizada para a esquerda (levógiro) e para a direita (dextrógiro) e 4 são isômeros racêmicos, ou seja, inativos por compensação interna.

Assinale a alternativa que corresponde a soma algébrica das afirmações corretas.

  1. 01+02+03+04 = 10

  2. 01+03+04+05 = 13

  3. 02+03+04+05 = 14

  4. 01+02+04+05 = 13

  5. N.D.A.

13 - Considere as estruturas abaixo

assinale o que for incorreto.

  1. A estrutura A é solúvel em água.

  2. B e C são solúveis em acetona.

  3. Em B, o átomo de carbono ligado diretamente ao halogênio está usando quatro orbitais híbridos sp3.

  4. A estrutura C não atua como base de Lewis em uma reação ácido-base, devido a inexistência de par de elétrons livres.

  5. B sofre reação de eliminação.

14 - Assinale o que for correto.

  1. Uma molécula assimétrica é aquela que apresenta plano de simetria.

  2. A isomeria óptica ocorre em moléculas simétricas.

  3. Carbono assimétrico é o carbono ligado a quaisquer átomos ou grupos atômicos.

  4. O composto 3-cloro-2-butanol apresenta atividade óptica.

  5. Ao se analisar com um polarímetro uma mistura racêmica, isto é, com igual número de moléculas dextrógiras e levógiras, o aparelho registrará desvios no plano da luz polarizada.

15 - Sobre a fórmula estrutural condensada do ácido 2-amino-3-hidróxi-butanodióico abaixo é correto afirmar que a mesma apresenta

HOOC-CH(NH2)-CH(OH)-COOH

  1. dois grupamentos carbonila, um álcool, uma amida e 3 átomos de carbono que desviam o plano da luz polarizada.

  2. dois átomos de carbono hibridizados em sp3, um na forma sp2 e um, sp; dois grupamentos carboxilas que caracterizam a função química orgânica ácido carboxílico, uma hidroxila e uma amina.

  3. quatro ligações π (pi), sete ligações σ (sigma), dois diastereoisômeros que são misturas equimolares, ou seja, inativos por compensação interna.

  4. cadeia carbônica linear, com dois átomos de carbono com arranjo tetraédrico e dois que apresentam geometria trigonal plana.

  5. incapacidade de estabelecer interações por pontes de hidrogênio por não possuírem ligações π ressonantes.

16 - Considere três átomos hipotéticos A, B e C. Os átomos A e C são isótopos; os átomos B e C são isóbaros e os átomos A e B, isótonos. Sabe-se que o átomo A tem 20 prótons em seu núcleo e número de massa igual a 41, e que o átomo C tem 22 nêutrons. Com base nestas informações é correto afirmar que o número de elétrons total do átomo B será

  1. 22

  2. 21

  3. 23

  4. 25

  5. 24

17 - Considere as afirmações subseqüentes.

I - A escala Richter mede a magnitude de um terremoto.

II - Os terremotos originam-se do movimento das placas tectônicas.

III - O atrito de uma placa contra outra forma ondas mecânicas. Estas ondas são responsáveis pelas vibrações que causam o terremoto.

IV - O sismógrafo mede a amplitude e a freqüência dessas vibrações. Utilizando uma equação logarítmica, pode-se calcular a magnitude do terremoto.

V - A amplitude está associada a altura (tamanho) da onda e freqüência com a quantidade de ondas num determinado intervalo de tempo.

VI - A magnitude do terremoto pode ser calculada pela equação Ms = log10 ( A.f ) + 3,30 onde, Ms = magnitude do terremoto na escala Richter; A = amplitude do movimento da onda na escala Richter registrada no sismógrafo (em µm); f = freqüência da onda (em Hertz).

Suponha que foi detectado um terremoto no centro da capital japonesa, Tóquio. Um grupo de pesquisadores que trabalha para o governo afirmou que este terremoto tem amplitude de 1000 micrometros a uma freqüência de 0,1 Hz. Com base nestes dados, qual é a magnitude deste terremoto na escala Richter?

  1. 5,3

  2. 7,5

  3. 2,7

  4. 3,8

  5. 2,2

18 - Com base nos seus conhecimentos sobre as regras de nomenclatura, estabelecidas pela IUPAC, e as funções dos compostos orgânicos, assinale a alternativa correta.

  1. A função enol é caracterizada pelo grupo funcional OH- ligado a um átomo de carbono saturado.

  2. O composto hexen-2-ol-3 pertence a função álcool.

  3. O grupo funcional carbonila (C=O) é característico de ésteres.

  4. O ácido láctico (2-hidróxi-propanóico) apresenta dois enantiômeros (um dextrógiro e o outro levógiro) e grupos funcionais OH- e -COOH.

  5. O etanoato de sec-butila pertence a função química orgânica fenol.

19 - Dadas as estruturas A, B e C abaixo, assinale o que for correto.

  1. O composto A tem maior ponto de ebulição que o composto B.

  2. Haleto de alquila é a única função orgânica a qual pertence a estrutura C.

  3. A nomenclatura IUPAC de B é 3-etenil-pentano.

  4. O composto C não sofre reação de substituição nucleofílica.

  5. O único composto capaz de fazer ligações hidrogênio entre suas moléculas é o B.

20 - Considerando-se a reação

aH2S + bBr2 + cH2O → dH2SO4 + eHBr,

é correto afirmar que

  1. a = d, b = c = e.

  2. a soma dos coeficientes a, b, c, d e e, em menores números inteiros, é igual a 20.

  3. o número de mols de átomos de oxigênio nos reagentes, para a reação balanceada, em menores números inteiros, é 8.

  4. o número total de moléculas nos reagentes, para a reação balanceada, é igual a 60,02x1023.

  5. b = 4a, c = 4a, d = a e e = 8a.

21 - Sobre equilíbrio químico, assinale o que for correto.

  1. Segundo o Princípio de Lê Chatelier, para a reação N2O4(g) ⇌ 2NO2(g), a adição de N2O4 provoca o deslocamento do equilíbrio para a esquerda.

  2. No processo Haber-Bosh, para a síntese de amônia, a presença do catalisador além de deslocar o equilíbrio, aumenta a velocidade da reação, fazendo com que o equilíbrio seja alcançado mais rapidamente.

  3. Para os equilíbrios HCl(g) ⇌ H+(g) + Cl-(g), Ka=1,0x107 e HCN(aq) ⇌ H+(aq) + CN-(aq), Ka=4,9x10-10, podemos afirmar que HCN é um ácido mais forte que o HCl.

  4. Equilíbrio químico é a condição na qual a velocidade da reação direta é igual a velocidade da reação inversa.

  5. Uma reação é tanto mais favorecida a uma certa temperatura, quanto menor for o valor da sua constante de equilíbrio nessa temperatura.

22 - Considerando a molécula de amônia, assinale a

alternativa correta.

  1. A geometria molecular corresponde a um tetraedro regular.

  2. O átomo de nitrogênio e dois átomos de hidrogênio ocupam os vértices de um triângulo eqüilátero.

  3. O centro da pirâmide formada pelos átomos de nitrogênio e pelos átomos de hidrogênio é ocupado pelo par de elétrons livres.

  4. Os átomos de hidrogênio ocupam os vértices de um triângulo eqüilátero.

  5. As arestas da pirâmide formada pelos átomos de nitrogênio e pelos átomos de hidrogênio correspondem a ligações iônicas.

Autoria: Leandro Rocha (Graduação em Química com Habilitação em Licenciatura na UEM)

Comentários