BPF de Pesquisa e Desenvolvimento cosméticos

BPF de Pesquisa e Desenvolvimento cosméticos

(Parte 6 de 8)

Levantamento bibliográfico dos ativos Benefícios e eficácia do produto

Investigação de marcas e patentes

Permissão de uso das matérias-primas pesquisadas

Avaliação das matérias-primas (FISPQ/MSDS)

Dados de segurança das matérias-primas

Estudo de viabilidade econômica

Possíveis interações entre as matérias-primas

Qualificação de novos fornecedores

Investimento em equipamentos e/ou tecnologias

Estudo de viabilidade de produção industrial

Definição da embalagem

Estudo de impacto ambiental

Elaboração das formulações “iniciais/tentativa” Testes de funcionalidade do produto

Estudo de estabilidade

Verificação dos custos envolvidos

Geração de uma tecnologia e/ou produto passível de patente

28MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

Definição das especificações do produto Controle de qualidade para os processos de fabricação

Possíveis interações entre os ingredientes do produto

Possíveis interações entre a formulação e a embalagem

Definição de análises físico-químicas e microbiológicas

Descrição dos ingredientes INCI

Dossiê de produtos

Testes de eficácia do produto

Testes de segurança

Definição da rotulagem e material de divulgação

Adequação dos dizeres legais

Teste de mercado

Regularização no Ministério de Saúde ou órgãos equivalentes

Treinamento de operadores Análises e parâmetros de CQ para o processo industrial

Realização de lote piloto

Estudo de estabilidade físico-químico

Estudo quantitativo dos ingredientes ativos

Shipping test

Validação industrial

Teste de prateleira, longa duração ou shelf life

Definir ações corretivas na formulação e/ou embalagem.

Performance da campanha promocional

Preparação do material de divulgação Treinamento da força de venda

Estruturação da campanha de lançamento

Treinamento do Serviço de Atendimento ao Consumidor

Implementação de um Sistema de Cosmetovigilância

Disponibilização de um SAC

Performance da campanha promocional

29MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

5. GLOSSÁRIO

Amostra de Referência, Padrão de Referência ou Padrão: são produtos ou substâncias que possuem características ideais e de uniformidade comprovada, servindo como parâmetro adequado de comparação de qualidade. A denominação “Padrão” envolve também substâncias químicas de referência e padrões de substâncias biológicas que são utilizadas nas especificações do produto, para a avaliação da qualidade química e biológica de ingrediente ativo e dos produtos acabados.

Análise sensorial: estudo que visa analisar as sensações percebidas pelos órgãos dos sentidos.

Ativos: Substância ativa que é parte da composição do produto cosmético e que lhe confere atividade específica devido à sua natureza. Este ativo pode ter origem variada (planta, animal, mineral, biotecnologia etc).

Avaliação de eficácia: estudo de aplicação do produto para comprovação dos benefícios propostos, por exemplo, ação na diminuição de rugas, ação antiperspirante etc.

(Parte 6 de 8)

Comentários